Deputada Teresa Leitão anunciou que irá apresentar Voto de Aplausos em reconhecimento à instituição. Foto: Roberto Soares/Alepe

Os 30 anos de fundação da Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2 (CPT NE 2) mereceram pronunciamento da deputada Teresa Leitão (PT) nesta segunda (13) no plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Além de Pernambuco – que soma 5,8 mil famílias atendidas –, a entidade atua em Alagoas, Paraíba e no Rio Grande do Norte. A parlamentar anunciou que irá apresentar um Voto de Aplausos em reconhecimento à instituição.

A CPT NE 2 apoia famílias de agricultores, articula mobilizações em favor da reforma agrária e denuncia conflitos no campo. “A organização nasceu do recrudescimento da luta pela terra no final da década de 1980, para enfrentar o latifúndio e a União Democrática Ruralista, que, naquela época, ganhava a força”, historiou a petista, em referência à articulação de grandes proprietários rurais que se opunham aos projetos de reforma agrária surgidos no período da redemocratização.

Segundo Teresa, 300 comunidades em mais de cem municípios recebem suporte da entidade homenageada atualmente. Ao todo, 69 mil pessoas de 13,8 mil famílias são atendidas. Em Pernambuco, a Pastoral da Terra está em 87 grupos de 32 cidades. “Fundamentada na Teologia da Libertação, a CPT busca cumprir fielmente o serviço missionário ao lado dos mais pobres, dando-lhes voz, direitos e perspectivas de liberdade”, pontuou.

Teresa Leitão ressalta 30 anos da Comissão Pastoral da Terra Nordeste 2
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *