Confirmado para 31/3 vestibular da Faculdade Vale do Pajeú

O Diretor Presidente da Faculdade Vale do Pajeú, Cleonildo Lopes, o Painha, anunciou no início da noite de hoje a publicação da Portaria 673 de 22 de março de 2019 publicada no Diário Oficial da União. O anúncio foi feito no Auditório da instituição.

Ela autoriza a entidade a programar a data de Vestibular, já confirmada para 31 de março para os cursos presenciais de Direito, Enfermagem, Pedagogia, Administração de Empresas e Ciências Contábeis, com 100 vagas para cada curso.

O atraso na divulgação de Portaria pelo Ministério da Educação havia retardado a realização do vestibular. No último dia 14,  esteve em Brasília e junto com o Deputado Federal Ricardo Teobaldo despachou com o Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues.

Ele recebeu do ministro o pedido de desculpas e a promessa de que a Portaria do MEC seria publicada no Diário Oficial.

A Faculdade, que obteve a ótima nota 4 do MEC, que vai até 5, ainda anuncia bolsa de 50% para o primeiro lugar geral e 30% para o segundo.

 

Nill Júnior

Casos de dengue crescem 264% no Brasil com 229 mil pacientes este ano

Dados do Ministério da Saúde divulgados hoje (25) apontam que o Brasil registrou 229.064 casos de dengue apenas nas 11 primeiras semanas deste ano. O número significa um aumento de 264% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 62,9 mil casos.

A incidência da dengue no país até 16 e março é de 109,9 casos por 100 mil habitantes. As mortes provocadas pela doença acusaram aumento de 67%, passando de 37 para 62 – a maioria no estado de São Paulo, com 31 óbitos, informou o ministério. O número representa 50% do total de todo o país.

Apesar do aumento expressivo no número de casos, a situação ainda não é classificada pelo governo federal como epidemia. O último cenário de epidemia identificado no país, em 2016, segundo o Ministério da  Saúde, teve 857.344 casos da doença entre janeiro e março.

“É preciso intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti [mosquito transmissor da doença] para que o número de casos de dengue não continue avançando no país”, destacou o ministério.

Estados

Alguns estados têm situação mais preocupante, com incidência maior que 100 casos por 100 mil habitantes: Tocantins (602,9 casos/100 mil habitantes), Acre (422,8 casos/100 mil habitantes), Mato Grosso do Sul (368,1 casos/100 mil habitantes), Goiás (355,4 casos/100 mil habitantes), Minas Gerais (261,2 casos/100 mil habitantes), Espírito Santo (222,5 casos/100 mil habitantes) e Distrito Federal (116,5 casos/100 mil habitantes).

Regiões

Ainda de acordo com os dados do ministério, o Sudeste apresenta o maior número de casos prováveis (149.804 casos ou 65,4 %) em relação ao total do país, seguido pelas regiões Centro-Oeste (40.336 casos ou 17,6 %); Norte (15.183 casos ou 6,6 %); Nordeste (17.137 casos ou 7,5 %); e Sul (6.604 casos ou 2,9 %).

O Centro-Oeste e o Sudeste apresentam as maiores taxas de incidência de dengue, com 250,8 casos/100 mil habitantes e 170,8 casos/100 mil habitantes, respectivamente.

Zika

Até 2 de março deste ano, houve ainda 2.062 casos de zika, com incidência de 1 caso/100 mil habitantes. No mesmo período do ano passado, foram contabilizados 1.908 casos prováveis.

Entre os estados com maior número de casos estão Tocantins (47 casos/100 mil habitantes) e Acre (9,5 casos/100 mil habitantes). Ainda não foram registrados óbitos por zika no Brasil.

Chikungunya

Até 16 de março de 2019, foram identificados 12.942 casos de chikungunya no Brasil, com uma incidência de 6,2 casos/100 mil habitantes. Em 2018, foram 23.484 casos – uma redução de 44%.

As maiores incidências ocorreram no Rio de Janeiro (39,4 casos/100 mil habitantes), Tocantins (22,5 casos/100 mil habitantes), Pará (18,9 casos/100 mil habitantes) e Acre (8,6 casos/100 mil habitantes).

Em 2019, ainda não foram confirmados óbitos pela doença. No mesmo período de 2018, foram confirmadas nove mortes.

Brasil vai repassar 100 mil euros para ajudar Moçambique

Foto: Siphiwe Sibeko/Reuters

O governo do Brasil, via Ministério das Relações Exteriores, confirmou hoje (25) o repasse de 100 mil euros para apoiar o governo de Moçambique nos trabalhos de resgate e reconstrução emergenciais. A doação será feita por meio de fundo solidário a ser criado no âmbito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e será somada ao apoio anterior oferecido pelo governo brasileiro.

Dez dias após a passagem do ciclone Idai por Moçambique, Malauí e Zimbábue, os números de vítimas aumentam. Pelos últimos dados, morreram 446 pessoas em Moçambique, 259 no Zimbábue e 56 no Malauí. Para as agências humanitárias, o desastre em Moçambique tem semelhanças com as tragédias humanitárias do Iêmen e da Síria.

Autoridades e agências de ajuda temem mais mortes em decorrência do risco de cólera e outras doenças transmitidas pela água contaminada que está em várias áreas do país. A inundação criou um lago de 125 quilômetros de largura, devastando uma área antes ocupada por centenas de milhares de pessoas.

Câmara de Santa Terezinha: Helder de Viana se licencia, primeiro suplente renuncia e segundo assumirá a vaga

Presidente Dr. Júnior e 2º suplente Valério Dentista após entrega de ofício convocatório

Na última sessão da Câmara de Vereadores de Santa Terezinha, quarta (20), foi aprovado o requerimento do vereador Helder de Viana solicitando licença sem remuneração por 120 dias. O parlamentar, em sua justificativa, expôs que necessita desse período para tratar de interesse particular. Na linha sucessória vem o 1º suplente Antônio Edinaldo da Silva, conhecido como Couro.

O presidente Dr. Júnior, seguindo o Regimento Interno, encaminhou ao mesmo na quinta (21) ofício convocando para sua sessão de posse, entretanto Couro enviou na mesma data carta renúncia abrindo mão do seu direito de assumir a vaga do licenciado. O suplente perdeu, dessa forma, oportunidade importante de prestar seu serviço e atuar mais próximo à comunidade.

Já nesta sexta (22), após a recusa do 1º suplente em assumir, a presidência oficiou o 2º suplente Francisco Valério Ferreira da Silva para que assuma a vaga de Helder pelo período de 120 dias. Valério Dentista, como é conhecido, deu recebimento confirmando.

A Câmara marcou sessão extraordinária para que a posse aconteça na próxima quarta (27) às 19h.

Vereadores visitam Funpresje

Na manhã desta segunda (18) vereadores de situação e oposição estiveram visitando o Fundo Previdenciário de São José do Egito (Funpresje).
Os parlamentares Tadeu do Hospital, Alberto de Zé Loló, Aldo da Clipsi, Rogaciano Jorge, Claudevan Filho, Beto de Marreco e David Teixeira foram conversar com servidores do órgão para identificarem a real situação da instituição.
Em breve devem comentar sobre o assunto na tribuna da Casa de Todos os Egipcienses.

Audiência pública na Câmara SJE discute problemas relacionados à Barragem de Ingazeira

Na manhã desta quinta (13) foi realizada na Câmara de Vereadores de São José do Egito audiência pública para discutir sobre problemas de acessibilidade após as obras da Barragem de Ingazeira. A reunião, conduzida pelo presidente Rogaciano Jorge, contou com as presenças dos prefeitos Evandro Valadares (São José do Egito), Sávio Torres (Tuparetama), Sebastião Dias (Tabira) e Lino Moraes (Ingazeira) que fizeram parte da mesa dos trabalhos ao lado dos padres Luizinho e Wellington.

Na ocasião, também com presenças dos parlamentares egipcienses Albérico Tiago, Aldo da Clipsi, Ana Maria de Romerinho, Beto de Marreco, Claudevan Filho, David Teixeira, Jota Ferreira e Tadeu do Hospital, do presidente da Câmara de Tuparetama Danilo Augusto, de parlamentares das câmaras de Tabira e Ingazeira, de membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Diaconia, além do representante do DNOCS Dionísio Pereira de Lira, além de outras entidades, foram discutidos os problemas quanto a questão das estradas de acessos à propriedades rurais que ainda não estão prontas. Com o reservatório já concluído e em época de inverno a preocupação aumenta porque muitos sítios podem ficar ilhados em tais acessos com construção, inclusive, de algumas passarelas/passagens molhadas. O transporte escolar também pode ser prejudicado.

Segundo o vereador Claudevan Filho, que acompanhou as reuniões anteriores nos outros municípios, “das deliberações do encontro desta quinta está a indicação para que os prefeitos dos quatro municípios que compõem o leito do reservatório entrem em contato com deputados votados na região e senadores para que articulem audiência com o ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Henrique Canuto”.

Além desse problema das estradas vicinais há também a discussão sobre os proprietários rurais que ainda não foram indenizados. Outra situação é a preocupação no tocante à retirada de postes que estão no trajeto do curso d’água.

Foi marcada para o dia 19 outra audiência para tratar das questões relacionadas às indenizações. O novo encontro será no Fórum de Tuparetama.

Festividades em homenagem a São José são iniciadas com encontro na Câmara de Vereadores de Santa Terezinha

Festividades em homenagem a São José foram iniciadas em encontro na Câmara de Santa Terezinha

Na noite deste domingo (10) a Câmara de Vereadores de Santa Terezinha – PE recebeu fiéis católicos para a abertura das festividades em homenagem a São José. Os religiosos foram recepcionados pelo presidente da Casa do Povo, Ver. Adalberto Gonçalves de Brito Júnior.

O Legislativo foi escolhido para abrir o evento porque a Campanha da Fraternidade 2019 tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas”.

Segundo Ver. Adalberto Gonçalves de Brito Júnior, “a Câmara é o espaço ideal para a troca de ideias sobre qualquer assunto que envolva a comunidade, e o tema da campanha deste ano tem tudo a ver com a instituição”.

Da sede do Poder Legislativo os fiéis saíram em procissão até a Capela de São José, no bairro homônimo.

Câmara volta ao trabalho com expectativa de instalação da CCJ

Câmara dos Deputados. Foto: Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados

Após o recesso de carnaval, os deputados retomam os trabalhos esta semana com a expectativa de instalação da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) para dar início à tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma da Previdência.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse, na sexta-feira (8), que espera instalar nesta quarta-feira (13) as 12 principais comissões permanentes da Câmara, inclusive a CCJ, a primeira a analisar a Reforma da Previdência. A proposta ainda passará por uma comissão especial antes de seguir para o Plenário, onde precisa ser aprovada por três quintos dos deputados em dois turnos de votação.

Maia reforçou que os partidos esperam o envio do projeto de lei que altera o regime previdenciário dos militares para que tramite de forma conjunta com a PEC. Segundo ele, o encaminhamento da proposta dos militares pelo governo é fundamental para dar garantia a alguns partidos e para que haja mais conforto na tramitação das duas matérias.

O líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), reiterou que a tramitação da PEC só vai caminhar de fato após o governo federal enviar o projeto dos militares. “Eu penso que o Rodrigo pode até instalar, mas os líderes não vão fazer as indicações para a composição da CCJ enquanto o governo não mandar a proposta dos militares”, disse o líder do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

Para o líder do DEM na Câmara, Elmar Nascimento (BA), o Palácio do Planalto precisa se debruçar e lutar por sua principal pauta econômica, que é a reforma previdenciária. “O ideal é a mobilização das redes e das ruas para um tema central, mostrando disposição para o debate e a articulação política”, disse o líder, por meio de sua assessoria.

Pautas femininas
O plenário poderá votar pautas consideradas prioritárias pela bancada feminina. Três projetos tramitam em regime de urgência e poderão ser analisados esta semana, entre eles a proposta que determina ao juiz do caso de violência contra a mulher ordenar a apreensão de arma de fogo eventualmente registrada em nome do agressor. A proposição insere dispositivos na Lei Maria da Penhapara prevenir o feminicídio.

Outra matéria que pode ser apreciada é a que altera as regras da reforma trabalhista sobre trabalho insalubre para gestantes ou lactantes. Se hoje a mulher grávida ou lactante pode trabalhar em área insalubre, a não ser que haja atestado médico contrário, o projeto estabelece que apenas um atestado pode permitir o trabalho insalubre para essas mulheres.

Os deputados também poderão analisar projeto que quer combater acusações falsas de alienação parental e abuso sexual contra crianças e adolescentes, tornando obrigatória a realização de uma perícia. A ideia é evitar que o agressor de uma mulher a ameace com a perda da guarda dos filhos se ela denunciar agressões.

Brumadinho
A comissão externa da Câmara criada para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte, volta a se reunir na terça-feira (12).

Foram convidados o subprocurador-geral da República e coordenador da 4ª Câmara – Meio Ambiente e Patrimônio Cultural, Nívio de Freitas Silva Filho, o superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Joaquim Mendanha de Ataides, o presidente da seção brasileira da Associação Internacional de Direito de Seguros, Inaldo Bezerra Silva Júnio, entre outros.

MEC divulga lista de espera do ProUni para faculdades

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (11) a relação dos candidatos participantes da lista de espera. A lista será disponibilizada para consulta pelas instituições de ensino superior.

Todos os candidatos participantes da lista terão de comparecer às instituições nas quais estão pleiteando uma vaga, para apresentar a documentação que comprove as informações prestadas na inscrição. O prazo para que isso seja feito é 12 a 13 de março.

A lista de espera será usada pelas próprias instituições, que irão convocar candidatos para o preenchimento das bolsas remanescentes.

Os estudantes que não garantiram uma bolsa de estudos puderam manifestar interesse em participar da lista na semana passada, até sexta-feira (8).

ProUni

Ao todo, 946.979 candidatos se inscreveram na primeira edição do ProUni deste ano, de acordo com o MEC. Como cada candidato podia escolher até duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 1.820.446.

Nesta edição são ofertadas 243.888 bolsas de estudo em 1.239 instituições particulares de ensino. Do total de bolsas, 116.813 são integrais e 127.075, parciais, de 50% do valor das mensalidades.

O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Em contrapartida, o programa oferece isenção de tributos às instituições que aderem ao programa.

Os estudantes selecionados podem pleitear Bolsa Permanência, para ajudar nos custos dos estudos, e usar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para garantir parte da mensalidade não coberta pela bolsa do programa.

Presidente da Câmara de Santa Terezinha rebate blog local

O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Terezinha Dr. Júnior esclarece que a nota publicada em um blog local não representa a verdade porque em seu título já interpreta de forma errônea decisão do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO) acerca de denúncia protocolada contra a gestão do prefeito Vanim de Danda.

A matéria publicada no último sábado (9) diz que a Justiça indeferiu a denúncia e isso não é verdade. O MPCO apenas arquivou a denúncia porque o Tribunal de Contas do Estado já havia se posicionado e imputado multa ao prefeito e advogado da causa do Poder Executivo. É de se informar que a mesma denúncia do vereador Dr. Júnior foi protocolada também no TCE e graças a ela o município não perdeu dinheiro.

No mais, segundo o parlamentar, “todas as vezes que surgirem questões mal resolvidas pela Prefeitura todos estarão atentos para cobrar as suas responsabilidades”.

Confira logo abaixo a decisão do TCE (multa ao prefeito e advogado do Executivo) graças à denúncia de Dr. Júnior: