O Procon-PE atendeu no mês de outubro deste ano 5.318 consumidores, resultando em 2.732 reclamações. O primeiro e o segundo lugar ficaram com os bancos. O grupo econômico do Bradesco contabilizou 77 reclamações e o do Itaú obteve 74 reclamações. O terceiro e quarto lugar ficaram respectivamente, com o a Celpe e a Motorola.

De acordo com as informações do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), sistema de dados utilizado pelo Procon-PE, entre os consumidores que abriram reclamações contra os bancos, as maiores queixas são de cobrança indevida e/ou abusiva.

O Procon está divulgando o ranking por grupo econômico onde se contabiliza os dados de todas as empresas que fazem parte de um mesmo grupo. O grupo econômico Bradesco, por exemplo, engloba o Banco Bradesco, a Bradesco Cartões, Bradesco Vida e Providência, Bradesco Saúde, Bradesco Promotora e Bradesco Capitalização e Companhia de Seguros do Bradesco.

Para abrir uma reclamação no Procon-PE o consumidor deve comparecer a uma das 59 unidades munido de carteira de identidade, CPF e comprovante de residência. É preciso levar também documentos que possam comprovar a reclamação, como nota fiscal, ordem de serviço, fatura, comprovante de pagamento, contrato, entre outros.

Ranking das empresas mais reclamadas em outubro de 2018

1º – Grupo Econômico Bradesco – 77
2º – Grupo Econômico Itaú – 74
3º – Celpe – 73
4º – Motorola Industrial – 57
5º – Compesa – 53
6º – Grupo Claro Claro – 49
7º – Crefisa – 45
8º  – Motorola – Connect – 44
9º – Via Varejo – 43
10º – TIM Nordeste  – 42

Bancos são os mais reclamados do mês de outubro em Pernambuco
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *