Candidato ao governo de Pernambuco, Armando Monteiro (PTB), em Paudalho. Foto: Leo Caldas

“Pernambuco tem governador, mas não tem governo. O governo é mole, é Câmara lenta. O governo não sabe assumir as responsabilidades que tem que assumir”, afirmou o candidato da coligação Pernambuco Vai Mudar, Armando Monteiro (PTB).

Em Paudalho, Zona da Mata Norte, na noite de ontem, Armando comentou a situação da segurança pública do Estado. “É claro que a violência existe em outros lugares, mas em Pernambuco chegamos a uma situação inaceitável. Se nós chegarmos lá, bandido vai respeitar polícia, porque eu não admito que o governador de Pernambuco não possa ter autoridade”, enfatizou Armando.

Ao lado dos candidatos ao Senado Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) e do candidato a vice-governador, Fred Ferreira (PSC), Armando participou do lançamento da candidatura a deputado estadual de Gustavo Gouveia (DEM), irmão do prefeito de Paudalho, Marcelo Gouveia (PSD). Também esteve no evento o deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos).

“Nós escolhemos um homem que tem história, credibilidade e trabalho por Pernambuco para realizar a mudança que o Estado precisa”, afirmou Mendonça Filho. Já Bruno Araújo enfatizou que “Pernambuco não é Estado para baixar a cabeça e se vender à máquina”. Fred Ferreira relatou que como vereador tem ouvido as queixas da população. “As pessoas querem compromisso, querem andar nas ruas e não serem assaltadas.”

Para o prefeito Marcelo Gouveia “Pernambuco sabe quem não será o próximo governador”. Já o candidato Gustavo Gouveia diz que “sente nas ruas o clima de mudança”. O deputado federal Ricardo Teobaldo disse que “as lideranças da Mata Norte estão reconhecendo o erro que cometeram na eleição passada, pedindo desculpas ao povo e apoiando Armando Monteiro.”

Em Paudalho, Armando diz que violência no Estado está inaceitável
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *