Em reunião no Recife o candidato Armando Monteiro recebeu a confirmação do apoio de Zé Marcos. Foto: Divulgação

Convidado pelo candidato ao governo de Pernambuco Armando Monteiro (PTB), do grupo Pernambuco Vai Mudar, para coordenar a campanha no Pajeú, o ex-deputado Zé Marcos (PR), firmou em reunião no Recife, na tarde da quinta (9), o compromisso. O assunto foi amplamente comentado em blogs e no meio político no Estado.

No encontro, onde também estavam presentes o vereador Aldo da Clipsi e os advogados Cleonildo Lopes (Dr. Painha) e Erasmo Siqueira, Monteiro recebeu Zé Marcos e passou as responsabilidades pela articulação no solo pajeuzeiro.

O ex-presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), é o atual vice-presidente do Partido da República (PR) no Estado. O grupo republicano firmou parceria com o PSB para a reeleição do governado Paulo Câmara, mas Marcos de Lima resolveu tomar outro rumo e apoiar Armando. De acordo com ele, “houve um entendimento por parte de todos que integram o PR e principalmente do presidente Sebastião Oliveira, que me deixou à vontade para que eu siga com meu trabalho em palanque diferente e, ao mesmo tempo, fazendo parte da diretoria desse partido que tive o prazer de ser fundador em Pernambuco junto a Inocêncio Oliveira”.

Nesta sexta (10) pela manhã, em entrevista ao jornalista João Carlos Rocha na Gazeta FM, Zé Marcos pontuou os motivos que o levaram a deixar o palanque de Paulo Câmara, citando com principal o tratamento diferente que o governador vinha dando ao seu grupo em relação ao do prefeito Evandro Valadares. Zé Marcos afirmou na conversa que desde o período em que o seu aliado Romério Guimarães (PT) era o gestor municipal Câmara já prestigiava o grupo de Valadares em detrimento ao seu.

Os republicanos de São José do Egito reclamam que Paulo não atuou politicamente como o ex-governador Eduardo Campos, que agregou atenção a ambos os grupos e não subiu em palanques durante as eleições municipais. Paulo Câmara esteve no palanque de Valadares nas eleições de 2016 e fez campanha contra a reeleição de Guimarães.

Mesmo apoiando Armando Monteiro para governador, Zé Marcos enfatizou o seu empenho e trabalho na busca de votos para as reeleições dos deputados Sebastião Oliveira (PR) e Rogério Leão (PR), federal e estadual, respectivamente.

Zé Marcos apoiará Armando mas continua no PR – Ex-deputado explica porque deixou palanque governista
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *