Segundo Teresa Leitão, “o fato de ela ter sido eleita mostra que o preconceito vem sendo lentamente superado.” Foto: Roberto Soares/Alepe

As deputadas Teresa Leitão (PT) e Laura Gomes (PSB) foram à tribuna, durante a Reunião Plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) desta quinta (14), comemorar a eleição da pernambucana Chopelly Santos para o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher. Chopelly é a primeira transexual a ocupar uma vaga na entidade, o que, na avaliação das parlamentares, representa um avanço na luta contra a transfobia.

A petista destacou o envolvimento da pernambucana com movimentos sociais, entre eles a Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de Pernambuco (Amotrans-PE). “Na condição de pessoa trans, se candidatar ao cargo já é um ato de coragem. Ter sido eleita, então, mostra que o preconceito vem sendo lentamente superado”, disse Teresa, que apresentará um Voto de Aplausos a Chopelly. “Precisamos falar da transfobia para superar os preconceitos e tratar essas pessoas como verdadeiros sujeitos de direito”, acrescentou.

Laura Gomes disse que “vê-la chegar ao Conselho Nacional dos Direitos da Mulher é motivo de muito orgulho.” Foto: Roberto Soares/Alepe

Laura Gomes também considerou a eleição de Chopelly um marco para o movimento trans e para Pernambuco. “Acompanhei a trajetória de lutas e as dificuldades de Chopelly. Vê-la chegar ao Conselho Nacional dos Direitos da Mulher é motivo de muito orgulho”, observou. A deputada também aproveitou o tempo na tribuna para elogiar os alunos do curso de Desenvolvimento de Sistemas da Escola Técnica Estadual Ministro Fernando Lyra, em Caruaru, no Agreste. Os estudantes criaram o aplicativo oficial da próxima edição da feira de artesanato Fenearte, que acontece em julho, no Recife.

Deputadas pernambucanas destacam eleição de transexual para Conselho Nacional dos Direitos da Mulher
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *