Nos dois primeiros meses do ano, a movimentação no terminal já registra um crescimento de 17%, em relação ao mesmo período de 2017. No comparativo, o número de estrangeiros quase dobrou

O Aeroporto Internacional do Recife continua ampliando os números da movimentação de passageiros registrados no último ano. De acordo com o relatório apresentado pela Infraero, 1,4 milhão de pessoas passaram pelos terminais do equipamento, só nos dois primeiros meses de 2018, superando os 1,2 milhão registrados nos meses de janeiro e fevereiro de 2017. No comparativo, a marca representa um crescimento de 17%.

O crescimento percebido no início de 2018 acompanha os números do acumulado de 2017, quando o aeroporto registrou a marca inédita e 7,7 milhões de passageiros circulando no terminal. O crescimento da movimentação de passageiros é um dos reflexos da política de turismo da administração do governador Paulo Câmara, com ações de estruturação, promoção dos destinos e capacitação de mão de obra relacionada ao setor.

Segundo a Infraero, 1.455.030 de passageiros utilizaram o aeroporto do Recife em janeiro e fevereiro de 2017. Em números absolutos, chama atenção o salto de mais de 175 mil passageiros nacionais entre janeiro e fevereiro de 2017 e os dois primeiros meses do ano de 2018: 1.195.007 em 2017 para 1.370.965 este ano (15% de variação). Percentualmente, por outro lado, o destaque fica por conta dos passageiros de voos internacionais, que subiram de 47.938 para 84.065, num crescimento de 75%.

“O crescimento da movimentação de passageiros é uma consequência dos esforços que o governo estadual vem implementando no setor, em parceria com a Prefeitura do Recife. Não se trata de algo repentino. É algo construído ao longo dos últimos anos por uma equipe comprometida e incansável que tem revolucionado o turismo local. Um time que planejou ações de divulgação de repercussão internacional, como a do metrô de São Paulo e que conquistou novas frequências locais e internacionais como nunca antes”, destacou o secretário de Turismo, Esportes e Lazer de pernambuco, Felipe Carreras.

AMPLIAÇÃO DA MALHA AÉREA

A política do Governo de Pernambuco de expansão da malha aérea estadual é um dos pilares da revolução no turismo local.

2015

14 destinos nacionais

4 destinos internacionais

2018

28 destinos nacionais

16 destinos internacionais

 

Nacionais

Aracajú, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campina Grande, Cuiabá, Curitiba, Fernando de Noronha, Fortaleza, Goiânia, Jericoacoara, João Pessoa, Juazeiro do Norte, Maceió, Natal, Petrolina, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Luis, São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Teresina e Uberlândia.

Internacionais

Lisboa (TAP), Montevidéu (GOL), Buenos Aires (LATAM e GOL), Cabo Verde (TACV), Frankfurt (Condor), Cidade do Panamá (Copa Airlines), Miami (Latam), Milão (Meridiana), Orlando (Azul), Munique (Condor), Bogotá (Avianca), Madri (AirEuropa), Córdoba (GOL) e no mês de março passará a contar com voos para Córdoba (AZUL), Rosário (AZUL), Fort Lauderdale (AZUL) e Santiago (AZUL).

Aeroporto Internacional do Recife registra crescimento na movimentação de passageiros
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *