Bloco Camburão da Alegria desfila pelas ruas de Olinda. Foto: Flávio Japa/Folha de Pernambuco

Para quem já iniciou a contagem regressiva para o próximo Carnaval, ainda dá tempo de aproveitar os últimos dias em clima de folia. Diversas programações em cidades da Região Metropolitana – Recife, Olinda e Camaragibe – e em municípios do Interior do Estado – Surubim e Buenos Aires – prometem arrastar milhares de foliões às ruas. Desde o tradicional desfile do bloco Camburão da Alegria, passando pelo encontro de blocos líricos até uma maratona de apresentações culturais com maracatus, bois e bonecos gigantes.

O 26º desfile do Camburão da Alegria – bloco formado por policiais e bombeiros militares – é realizado pelo segundo ano consecutivo em Olinda, neste domingo (18), com o tema “Em terra de gigantes”. A concentração do bloco começa às 11h, na praça 12 de Março, no Carmo. Os foliões seguem um percurso de dois quilômetros, desfilando pela avenida Getúlio Vargas, até o Bairro Novo seguindo quatro trios elétricos. Os cantores Nonô Germano, Marquinho Balada e André Viana; as bandas Luará e Extasy, a Orquestra da Polícia Militar e a Bateria Cabulosa são algumas atrações confirmadas.

Entre a tarde do sábado (17) e a noite do domingo, a Secretaria de Transportes e Trânsito de Olinda faz bloqueios fixos (com manilhas de concreto) entre a praça 12 de Março e a rua Eduardo de Moraes (lateral do Shopping Patteo), que impedem o acesso à avenida Getúlio Vargas. Outros seis bloqueios móveis serão montados pelos agentes de trânsito para garantir a segurança do folião que for ao Camburão da Alegria 2018.

Tradição no bairro da Bomba do Hemetério (zona Norte do Recife), há 15 anos, o Maestro Forró e a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) comandam, neste domingo, o encontro Todos São Maestros. A concentração tem início às 14h, na sede da OPBH. Depois o grupo segue pelas ruas da comunidade com três horas de percurso. A ideia da festa, como o próprio tema sugere, é que os foliões possam ser maestros por alguns minutos fazendo releitura de várias músicas.

Em Camaragibe, a despedida do Carnaval ocorre com matinê infantil, shows e encontros de blocos líricos no Palco Bianor, na Vila da Fábrica. No sábado, às 18h, ocorre o desfile das agremiações e grupos de cultura popular campeões da cidade. Participam clubes de frevo, ursos, bois, caboclinhos e blocos de samba-reggae.

Depois, sobe ao palco o cantor Gonzaga Leal. No domingo é a vez o público infantil confere o Domingo na Vila com o cantor Pochyua, às 16h. O desfile dos blocos líricos está marcado para as 18h. Às 21h, Maciel Salu mostra seu Baile de Rabeca.

Interior
Conhecido por encerrar as festividades carnavalescas do Estado, há 32 anos, Surubim (Agreste) homenageia o compositor e multi-instrumentista Capiba, filho ilustre do município. São três dias de festas, com programação iniciada na sexta-feira e seguindo até domingo.

No sábado, além do desfile tradicional de blocos líricos e de rua, há shows da Família Salustiano, às 20h30, e da Orquestra New Frevo. No domingo, há a escola de samba Preto Velho, o desfile do Boi Surubim e apresentações de maracatus da Zona da Mata, bonecos gigantes e trios elétricos.

Já Buenos Aires (Mata Norte) realiza neste fim de semana o 1º Encontro de Cultura Popular Revivendo o Carnaval. No sábado, das 14h às 17h, acontecem cortejos de maracatus, caboclinhos e bois da região seguidos de show do Quinteto Violado. No domingo, a partir das 16h, apresentam-se Mamulengo Riso da Noite, Cocos Popular e de Pareia, Ticuqueiros, Sumprema Corte, Afoxé Ylê de Egbá, Orquestra de Frevo Zezé Correia e o cantor Benil.

 

Folha de Pernambuco

Folia em Pernambuco só acaba no domingo
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *