Frevo é reverenciado na festa que abre oficialmente a folia no Bairro do Recife. Foto: Carlos Oliveira/Prefeitura do Recife

É ao som dos clarins de Momo que será anunciado, esta sexta, a abertura oficial do Carnaval 2018 no Recife. Em reverência ao ritmo que dá força e alma aos dias de folia, e que celebra nesta sexta-feira (9) 111 anos, a história do frevo será contada por meio do espetáculo “Frevo do Mundo”, no palco do Marco Zero, no Bairro do Recife. A imersão pela musicalidade irreverente que só o frevo traz começará às 18h, com vários cortejos e, às 19h, a largada para o Carnaval será dada por Renato Artur Luz de Queiroz e Sabrina Feliciano da Silva, eleitos Rei e Rainha do Carnaval 2018.

Figuras consagradas e responsáveis por levar o frevo para o mundo como Antônio Nóbrega, Maestro Spok, Maestro Forró, André Rio, Almir Rouche, Marrom Brasileiro, Banda de Pau e Corda, entre outros, se juntarão ao Quinteto Violado – que criou o espetáculo em parceria com a Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura do Recife – e a orquestra do Maestro Duda, no musical que narra o passado, o presente e o futuro do frevo. Hinos como “Banho de Cheiro”, “Madeira que Cupim não Rói” e “Me segura que senão eu caio”, prometem agitar ainda mais a festa. Sobem ao palco os grupos de dança do Studio Viegas e mais de 20 blocos líricos tradicionais. O espetáculo também traz a tecnologia na apresentação do Grupo Pachka.

O arrastão do frevo continuará no polo do Marco Zero, com os homenageados do Carnaval 2018. Com 50 anos dedicado à música, J. Michiles teve seu trabalho reconhecido após a interpretação do cantor Alceu Valença da música “Bom Demais”. “Faremos hoje um grande show com vários convidados que interpretam meus frevos, como Fafá de Belém, Geraldo Azevedo, a banda Fulô de Mandacaru e outros artistas. É muito gratificante ser homenageado neste Carnaval, no dia do frevo. É um reconhecimento de toda minha atividade musical”, declarou Michiles.

Quem também sobe ao palco é a cantora Nena Queiroga com convidados ilustres, como Lenine, Zé Brown, André Rio e Luiza Possi, entre outros. O show terá a coreografia assinada por Mariângela Valença e haverá um concurso da melhor sombrinha de frevo. “Estou em êxtase com essa homenagem e tenho recebido muito apoio e carinho”, afirmou Nena, que tem mais de 30 anos de carreira levando o nome de Pernambuco para o mundo.

Como chegar
O Grande Recife recomenda que os foliões utilizem o transporte público para irem até os polos de folia. Os serviços de táxi também foram ampliados, com a inclusão da frota de mais nove municípios da Região Metropolitana do Recife e seis pontos provisórios. A Prefeitura do Recife disponibilizará 1.800 vagas de estacionamento gratuitas a partir das 18h da sexta-feira até as 4h da manhã do sábado. O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) e o Tribunal Regional Federal (TRF) também disponibilizarão seus estacionamentos na Avenida Cais do Apolo.

Segurança
Haverá monitoramento por câmeras nos pontos de maior concentração da folia. Duas plataformas de Observação Elevada (POE) da SDS ficarão no Marco Zero (Recife) e na Praça do Carmo (Olinda). Além da observação eletrônica, o patrulhamento a pé também será uma estratégia utilizada pela PM no Carnaval. Já para a proteção da Criança e do Adolescente, serão instalados espaços no entorno do Marco Zero, no Pátio do Livramento e no Polo do Ibura.

Saúde
Os postos avançados do Samu contarão com seis profissionais de saúde e ambulâncias. Fiscais atuarão no ordenamento do comércio informal. Para inclusão das pessoas com deficiência no Carnaval, haverá um espaço no front stage do palco do Marco Zero, com acesso por meio de pulseiras.

 

FolhaPE

Recife abre seu Carnaval nesta sexta (9)
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *