A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), iniciou, na manhã desta sexta-feira (19), as ações necessárias para a criação da Rede de Incubadoras de Pernambuco. Com o objetivo de promover integração e compartilhamento de infraestrutura entre as incubadoras do estado, a rede fortalecerá o ambiente dos negócios inovadores das chamadas startups. Assinaram o protocolo de intenções para compor a rede as incubadoras do Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), da Universidade de Pernambuco (UPE), Universidades Federal e Federal Rural (UFPE e UFRPE), do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (C.E.S.A.R.), do Porto Digital e do Parque Tecnológico de Eletroeletrônicos e Tecnologias Associadas (Parqtel).

A secretária Lúcia Melo destacou que essa ação está inserida na Estratégia de Ciência, Tecnologia e Inovação para Pernambuco (ECTI-PE) como meio de acelerar a competitividade a partir da inovação, uma prioridade do Governo Paulo Câmara. A iniciativa faz parte do Programa de Apoio às Incubadoras de Pernambuco, projeto identificado como necessário pelo Plano Estadual de Startups. Como próximas etapas, será estruturado o modelo de parceria, identificando potenciais ambientes, além das incubadoras, que irão compor a rede para definição também de um programa de capacitação empreendedora para estudantes universitários com foco na inovação tecnológica. “Precisamos aproximar os ambientes de negócios com os projetos incubados”, ressaltou.

Segundo o gestor da incubadora do Parqtel, Fellipe Sabat, a rede terá como principal benefício o uso compartilhado dos equipamentos das principais incubadoras situadas em Pernambuco. “Projetos incubados no Itep, por exemplo, poderão utilizar os equipamentos de manufatura avançada instalados no Parqtel e vice-versa”, explicou.

Em março deste ano, a Secti e o Sebrae realizarão um workshop com especialistas do setor para apresentar o diagnóstico das incubadoras e traçar um plano de cooperação, com metas e ações a serem desenvolvidas pela rede de incubadoras.

Pernambuco terá rede de incubadoras para fortalecer negócios inovadores
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *