Divulgação

Durante a Festa de Louro 2018, no sábado (6), às 16h30, na Bodega Job Patriota, o momento será dedicado ao Recital Família Passos, que fará uma justa homenagem ao poeta/advogado José Soares da Silva (Zé Silva), falecido ano passado. O evento contará com lançamento do CD de Marcos Passos (Nos Passos do Sertão) e do livro Um Júri (Di)Verso, de Simone Passos.

 

CD

O CD Nos Passos do Sertão traz em seu repertório a poesia sertaneja, que representa todo um povo nordestino, com suas peculiaridades, dentre as quais a forma de se comunicar, componente essencial para a formação da língua nacional.

As faixas que integram o CD, além dos poemas de Marcos Passos, têm como autores Beatriz Passos, Greg Marinho Passos, João Luís Passos, Lamartine Passos, Simone Passos, Carlos Cavalcanti, Cancão, Chico Pedrosa, Dedé Monteiro, Diomedes Mariano, Jessier Quirino, João Paraibano e Zé de Mariano.

Este trabalho, embasado pela declamação, conta com a participação especial de Maciel Melo e é pontuado pelos talentosos músicos Greg Marinho Passos (Violão de 7, Viola de 12 e Flauta Transversa), Chico Botelho (Cavaquinho), Luizinho de Serra (Sanfona) e Miguel Marinho (Pandeiro).

O projeto teve o patrocínio do SINDSEGNNE (Sindicato das Seguradoras do Norte Nordeste); o apoio da Sala de Reboco, da SEG (Suporte Especializado de Engenharia) e dos amigos André Rabelo, Fernando Rabelo, Ivo Mascena, João Gomes dos Passos Júnior e Zé Paulo Cavalcanti Filho.

O poeta-declamador e escritor Marcos Passos é natural de São José do Egito – PE. Publicou os livros Amores Perfeitos na Beira do Mar, Antologia Poética Retratos do Sertão, Zé Marcolino Conversas Sem Protocolo e João Paraibano O Herdeiro dos Astros, este em parceria com o poeta e pesquisador Ésio Rafael e Santanna O Cantador.

 

Livro

No livro Um Júri (Di)Verso, Simone Passos faz um relato sucinto e preciso de como funciona um processo criminal, nos crimes contra a vida, cuja competência para julgar é sempre da sociedade, oportunidade única que tem o cidadão comum de fazer valer o seu sentimento de justiça.

André Rabelo, comentando sobre a obra, disse: “Não me causa, porém, surpresa que, para a elaboração de seu trabalho, tenha a autora se valido de construções poéticas, de forma extremamente cadenciada e rimada, para contar uma história fruto de sua indignação social, em razão de possíveis e frequentes posicionamentos judiciais que contrariam a lógica da Justiça e o bom senso da sociedade”.

A poetisa e advogada Simone Passos é natural do Recife e filha dos poetas egipcienses Cármen Beatriz Passos e Fernando Leite.

Recital Família Passos, na Festa de Louro 2018, terá lançamento de livro e CD
Classificado como:                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *