Foram fiscalizados pela PRF 6.780 pessoas e 6.217 veículos. Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 72 acidentes entre a sexta-feira (24) e a quarta-feira (1º), data na qual Pernambuco vivenciou o Carnaval. O acidente mais grave aconteceu no Agreste, com uma vítima fatal. Neste ano, o período teve 57 feridos e três pessoas mortas. Em 2016, 86 acidentes deixaram 73 feridos e 11 mortos. Os números indicam 14% menos acidentes, 22% menos feridos e de 73% menos nas mortes.
Neste período, durante a operação especial da PRF, 6.780 pessoas e 6.217 veículos foram fiscalizados. Entre as principais autuações estão ultrapassagens em local proibido, o não uso do cinto de segurança, a falta do capacete e a ausência do dispositivo de retenção para crianças. No entanto, a principal infração foi o excesso de velocidade, registrado por 1.875 imagens de radar. Um dos casos registrados em flagrante foi o de um motorista trafegando a 170 km/h.

Foram também realizados 2.023 testes com o bafômetro, que resultaram em 60 autuações e quatro pessoas presas. Foram recolhidos ainda 87 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 53 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). Outros 131 veículos foram recolhidos por irregularidades.

Segundo PRF, Carnaval de Pernambuco teve 73% menos mortes no trânsito
Classificado como:            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *